Wilton Junior/Estadão
Wilton Junior/Estadão

Arcebispo do Rio abençoa operários que fazem reforma no Cristo Redentor

D. Orani Tempesta esteve no Corcovado na manhã desta sexta; estátua foi danificada por um raio no dia 21 de janeiro

Roberta Pennafort, O Estado de S. Paulo

14 de fevereiro de 2014 | 15h04

RIO - O arcebispo do Rio, d. Orani Tempesta, esteve no Cristo Redentor na manhã para abençoar os operários que trabalham na reforma da estátua. O Cristo foi atingido por raios durante tempestade no dia 21 de janeiro. Um dedo da mão direita ficou danificado, assim como uma placa de mármore com informações turísticas.

A reforma vai demorar quatro meses, segundo previsão dos engenheiros responsáveis. A visitação ao monumento não será interrompida. As obras serão financiadas pela Pirelli, ao custo de R$ 1,9 milhão. Em pedra sabão, o Cristo foi inaugurado em 1931 no Mirante do Corcovado, ponto de observação da cidade desde o século 19.

Tudo o que sabemos sobre:
Cristo RedendorOrani Tempesta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.