Área construída de SP cresce ´três Diademas´ em dez anos

Levantamento da Prefeitura e da Empresa Brasileira de Estudos do Patrimônio (Embraesp) mostra que São Paulo ampliou a área construída em mais de 30%. De 1991 a 2000, a metrópole ganhou 95 milhões de metros quadrados. Se todos esses pavimentos fossem colocados no mesmo nível, somariam o equivalente a três municípios de Diadema. Os dados da Secretaria Municipal das Finanças só levam em conta imóveis cadastrados no Departamento de Rendas Imobiliárias, que compõem o universo do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). Por isso, o crescimento da maior metrópole brasileira, a quarta do mundo, é ainda maior, mas difícil de ser medido. A Prefeitura não tem estimativas de quanto se construiu ilegalmente no mesmo período, mas calcula o déficit habitacional do município em 380 mil unidades. Leia mais no Estadão

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.