Argello emprega namorada de seu filho no Senado

O senador Gim Argello (PTB-DF) emprega em seu gabinete a namorada de seu filho mais velho, Jorge Argello Júnior, o Ginzinho. Mariana Naoum é filha de um empresário famoso de Brasília e foi nomeada assessora parlamentar em 2008, com salário de quase R$ 6 mil. No Facebook, ambos afirmam que mantêm um "relacionamento sério".

Andrea Jubé Vianna, O Estado de S.Paulo

23 de janeiro de 2011 | 00h00

Em outubro de 2008, o Supremo Tribunal Federal editou súmula proibindo a nomeação de parentes nas três esferas do poder público. Mesmo assim, Argello agraciou a nora com um cargo no Senado, conforme revela a revista Época desta semana.

Em dezembro, Argello renunciou ao cargo de relator do Orçamento de 2011 após uma série de reportagens do Estado, que apontaram a ligação entre emendas orçamentárias de sua autoria, destinadas ao Ministério do Turismo, e institutos de fachada e empresas em nome de laranjas.

Em 2009, na série de reportagens que revelou a existência de mais de 300 atos secretos editados pelo Senado, o Estado mostrou que o presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP), empregara o namorado da neta, Maria Beatriz, e a sobrinha Maria do Carmo de Castro Macieira. A reportagem procurou Argello em seu telefone celular várias vezes, mas ele não respondeu às ligações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.