Argello emprega namorada de seu filho no Senado

O senador Gim Argello (PTB-DF) emprega em seu gabinete a namorada de seu filho mais velho, Jorge Argello Júnior, o Ginzinho. Mariana Naoum é filha de um empresário famoso de Brasília e foi nomeada assessora parlamentar em 2008, com salário de quase R$ 6 mil. No Facebook, ambos afirmam que mantêm um "relacionamento sério".

Andrea Jubé Vianna, O Estado de S.Paulo

23 de janeiro de 2011 | 00h00

Em outubro de 2008, o Supremo Tribunal Federal editou súmula proibindo a nomeação de parentes nas três esferas do poder público. Mesmo assim, Argello agraciou a nora com um cargo no Senado, conforme revela a revista Época desta semana.

Em dezembro, Argello renunciou ao cargo de relator do Orçamento de 2011 após uma série de reportagens do Estado, que apontaram a ligação entre emendas orçamentárias de sua autoria, destinadas ao Ministério do Turismo, e institutos de fachada e empresas em nome de laranjas.

Em 2009, na série de reportagens que revelou a existência de mais de 300 atos secretos editados pelo Senado, o Estado mostrou que o presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP), empregara o namorado da neta, Maria Beatriz, e a sobrinha Maria do Carmo de Castro Macieira. A reportagem procurou Argello em seu telefone celular várias vezes, mas ele não respondeu às ligações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.