Argentino é preso depois de oferecer cocaína a delegada em Porto Alegre

A policial estava à paisana investigando uma cena de crime quando foi abordada pelo homem; Ele foi preso em flagrante e encaminhado à Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (Pasc)

Chico Guevara - Especial para o Estado, O Estado de S. Paulo

12 de julho de 2014 | 12h43

PORTO ALEGRE - Um turista argentino foi preso em flagrante na madrugada deste sábado, 12, em Porto Alegre, depois de oferecer cocaína a uma delegada. O fato ocorreu na rua Santo Antônio, no bairro Floresta, próximo ao centro da cidade. A policial estava investigando uma cena de crime quando foi abordada pelo homem. Ele foi preso em flagrante e encaminhado à Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (Pasc). 

Segundo a delegada  Jeiselaure Rocha de Souza, ela passava,a pé, por um posto de gasolina na esquina da Avenida Farrapos quando foi abordada. A policial investigava as circunstâncias de um latrocínio ocorrido momentos antes na região. 

Ao ver a mulher - sem saber que era uma policial à paisana - , o argentino teria começado uma conversa apontando para o bolso. Jeiselaure disse não ter entendido o que o homem dizia, e o mandou se debruçar na parede para uma revista. Nesse momento ele reagiu,e teve que ser contigo por sete policiais. 

O homem não tinha documentos e estava visivelmente drogado, segundo a delegada. Com ele foram apreendidos "uma quantia considerável de cocaína" e um canivete. Ele disse que teria entrado no Brasil pela fronteira com o Uruguai. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.