Arma não letal americana é adotada no interior de SP

A Guarda Civil Municipal de Araçariguama, cidade com cerca de 11 mil habitantes situada a 48 km de São Paulo, na rodovia Castello Branco, começa a utilizar na semana que vem a arma de contenção teaser, equipamento produzido nos Estados Unidos que causa a incapacitação neuromuscular.Com uma tecnologia que provoca a perda do controle motor, a arma não é letal e debilita temporariamente o agressor sem causar ferimentos, informou a Securitech, empresa que comercializa o produto nos Estados de São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás.A prefeitura de Araçariguama comprou dez armas, cada uma a um custo de US$ 779, e vai recebê-las no próximo dia 27, em evento para o qual a Securitech está anunciando a presença de muitas autoridades da área da segurança.O diretor da empresa, Elton Clemente, não revelou quais são as estimativas de faturamento, mas informou que a expectativa da distribuidora é atender cerca de 30% das guardas civis no Estado nos próximos dois anos, além da Polícia Militar.Clemente vê um mercado potencial, principalmente nas cidades com menos de 50 mil habitantes, onde as guardas civis não possuem autorização para andar armadas.Potirendaba e Guaíra, por exemplo, já figuram entre as cidades que também irão adquirir a teaser, segundo o empresário. Ele informou que o equipamento já é utilizado pela segurança do Senado Federal e também foi adquirido, em São Paulo, pelo Metrô, CPTM e Tribunal Regional Federal."O projeto de venda do teaser vem sendo implantado no Brasil há três anos", afirmou Clemente. Ele esclareceu que a adoção da arma depende de autorização do Exército.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.