Armas da 1.ª Guerra são roubadas em Niterói

Oito mosquetões usados na 1.ª Guerra Mundial (1914/1918), foram roubados da sede do Grupamento Aeromarítimo (GAM) da Polícia Militar, em Niterói, no Grande Rio. Não se sabe quando o armamento sumiu do quartel. Em nota, a PM informou que "as armas estão inservíveis, sem poder de fogo e não se aplicam mais a sua finalidade precípua."Enferrujados, os mosquetões são utilizados atualmente como material de instrução por alunos dos cursos de capacitação e de especialização que a GAM oferece. Segundo o comandante da PM, coronel Hudson de Aguiar Miranda, a armas só têm valor histórico. Algumas estão até sem os gatilhos. Foi aberto um Inquérito Policial Militar (IPM) para investigar o sumiço das armas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.