Armas verdadeiras adaptadas para festim são roubadas

Policiais da 4ª Delegacia de Polícia, localizada na região central do Rio, recuperaram na manhã desta quinta-feira uma van que havia sido roubada no bairro de Copacabana, zona sul do Rio, com 90 réplicas de armas, sendo 31 de verdade e que foram adaptadas para tiros de festim. O veículo foi encontrado abandonado nas proximidades do morro da Providência, no centro, sem as armas e apenas com a munição de festim.De acordo com a polícia, o veículo pertencia a uma empresa de efeitos especiais. O responsável pela van prestou depoimento na 12ª DP, em Copacabana, na zona sul. As armas seriam usadas nas filmagens do longa metragem Tropa de Elite, baseado na história do Batalhão de Operações Especiais (Bope).O diretor do filme, José Barros Padilha Neto, foi o mesmo que dirigiu o documentário Ônibus 174, sobre o seqüestro de um ônibus de transporte coletivo que resultou na morte de uma passageira e do assaltante. Um dos roteiristas do filme, o capitão Pimentel, é o autor do livro Elite da Tropa, mas o longa metragem não é baseado nessa obra.A 4ª DP informou que a van foi encaminhada para a perícia, num pátio da Polícia Civil no bairro de Jacarepaguá, zona oeste do Rio. A polícia informou que o material roubado continha réplicas de armas como fuzis 762, pistolas 380 e 9 milímetros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.