Arrastão e tiroteios assustam moradores da zona norte do Rio

Grupo fechou Avenida 24 de Maio e trocou tiros com policial; na Linha Vermelha, viatura foi recebida a balas

Talita Figueiredo, de O Estado de S.Paulo, e Solange Spigliatti, Central de Notícias,

22 de outubro de 2010 | 00h06

RIO - Mais um arrastão assustou ontem à noite moradores da zona norte do Rio. Houve troca de tiros entre um policial que passava no local e os bandidos, mas ninguém ficou ferido. O crime aconteceu por volta das 20h, quando quatro homens armados com pistolas e que estavam em três motocicletas fecharam o trânsito na avenida 24 de Maio, na altura do bairro Riachuelo, e roubaram três pessoas.

Um jovem teve a moto e a mochila roubadas e um casal que também estava em uma moto teve documentos e joias levados. Um policial que passava pelo local viu a ação dos bandidos e atirou contra eles, mas os criminosos fugiram.

 

Na Linha Vermelha, outro tiroteio assustou moradores nesta sexta-feira, 22. O incidente aconteceu no Parque da Alegria, quando uma viatura passava pelo local e foi recebida a balas. Segundo a PM, a troca de tiros durou cerca de cinco minutos, mas ninguém ficou ferido e sequer foi detido.

 

Histórico. Na segunda-feira a polícia registrou outro arrastão, desta vez no Humaitá, na zona sul do Rio. Na ocasião homens armados roubaram três carros e os pertences de pelo menos cinco pessoas. Entre as vítimas estavam dois funcionários do Consulado Espanhol, que estavam há poucos dias na cidade.

 

Atualizado às 13h43.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.