Arrastões antecipam operação da PM nas praias do Rio

O Plano Verão, um esquema especial de policiamento para as praias do Rio de Janeiro, entrou em operação às 8 horas da manhã de hoje, com a mobilização de 1.300 homens na capital e mil espalhados por Niterói, Região dos Lagos e Costa Verde. A Secretaria de Segurança Pública resolveu antecipar a operação por causa dos arrastões nas praias da cidade no fim de semana passado.O coronel Carlos Alberto Costa, responsável pelo planejamento da operação, garantiu que a população pode freqüentar as praias com tranqüilidade. "Além do policiamento de rotina na areia, 50 homens do serviço reservado da PM e da Polícia Civil estarão infiltrados entre os banhistas e, diante de qualquer anormalidade, poderão dar voz de prisão aos suspeitos". Um helicóptero fará sobrevôos nas praias e lanchas estarão atracadas em Copacabana, Ipanema e Leblon monitorando a movimentação dos banhistas. Cães e cavalos também serão usados na orla da zona sul, principalmente no Arpoador e no Jardim de Alá, onde se concentram vários pontos finais de ônibus.O esquema de policiamento, que estará em vigor em todos os finais de semana de sol, inclui revista nos ônibus e se estende aos terminais rodoviários de bairros, à Central do Brasil, à Estação das Barcas da Praça XV e ao longo do percurso para as praias. As informações são da Agência Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.