Assaltante engole 22 peças após roubo a joalheria

Criminoso ficou 16h internado para a retirada das joias levadas durante assalto que causou prejuízo de R$ 300 mil

Rene Moreira, especial para O Estado, O Estado de S.Paulo

07 Outubro 2016 | 14h14

Dois homens, um deles adolescente de 16 anos, foram presos após roubar a uma joalheria em Varginha, no Sul de Minas Gerais. O maior, Ramon Soares Fernandes, teve de ser levado ao hospital onde ficou internado por 16 horas porque engoliu 22 peças, entre aneis, correntes e brincos, pouco antes de ser preso. Ele foi liberado nesta quinta-feira, 6, um dia após ser preso.

O acusado estava a caminho de Contagem (MG), na região de Belo Horizonte (MG), quando foi abordado dentro de um ônibus na Rodovia Fernão Dias. Policiais militares contaram ter notado que faltavam algumas joias do roubo e ao questionarem o suspeito, ele acabou confessando ter engolido. Radiografias confirmaram as joias, que, somadas às demais, totalizam R$ 300 mil. 

Segundo o delegado Antônio Carlos Buttingnon, antes de agir a dupla analisou todas as lojas da cidade. "Eles chegaram à conclusão de que aquela joalheria era a mais vulnerável". O crime foi filmado pelo circuito de segurança, sendo o adolescente apreendido e o maior, preso após deixar o hospital.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.