Assaltantes de ônibus ferem passageiro no Paraná

Um turista foi baleado na madrugada, durante assalto a dois ônibus na PR-082, na região de Engenheiro Beltrão, no noroeste do Paraná. Alguns dos assaltantes estavam vestidos com coletes pretos da Polícia Civil e utilizavam um carro com giroflex. Foram montadas barreiras, mas ninguém havia sido preso até o início da tarde, embora três assaltantes tivessem sido identificados. A polícia ainda não tinha um balanço sobre o volume roubado, mas acredita que deve ter ficado entre R$ 12 mil e R$ 15 mil em cada ônibus. O assalto começou por volta das 23 horas, quando alguns homens, dois deles com coletes da Polícia Civil e ocupando um Monza com giroflex, tomaram de assalto um caminhão tipo baú, que trafegava entre Luiziânia e Iretama. O caminhão foi levado até a PR-082 e atravessado na estrada. Pessoas que ocupavam outros automóveis davam cobertura aos assaltantes. Um ônibus da empresa Transcury, de Nova Iguaçu (RJ), com 10 passageiros, e outro da Mairini Agência de Passagens e Turismo, de São Paulo (SP), com 17 passageiros, que viajavam juntos em direção a Foz do Iguaçu, foram parados e levados para um estrada vicinal, onde todos foram assaltados. "Eles atravessaram o caminhão na rodovia e tivemos que parar. Aí o pessoal já saiu dando tiro", disse o motorista do ônibus paulista, Valdecir Carlos Miriani. Um dos tiros atingiu de raspão o pescoço do aposentado Idelfonso Hernandes dos Santos, de 65 anos. Ele foi medicado na Santa Casa de Maringá. Outro tiro acertou a lataria de um dos ônibus. Os assaltantes também acertaram coronhadas em duas mulheres. A polícia encontrou projéteis calibre 9 milímetros. Calcula-se que entre seis e oito pessoas participaram do assalto. Segundo a polícia, dois dos identificados fazem parte da quadrilha dos Irmãos Schorgi, de Pitanga (PR).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.