Assaltantes do Banespa fogem de cadeia em SP

Dois ladrões que participaram do maior assalto a banco do Brasil, quando uma quadrilha roubou R$ 39 milhões do Banespa, em julho de 1999, fugiram pela porta da frente do Centro de Detenção Provisória do Belém, na zona leste de São Paulo. Luciano Morais de Oliveira e William Melo de Oliveira conseguiram escapar após receberem a visita de dois homens. Eles saíram pela porta da frente normalmente, como se fossem os visitantes. Os dois outros homens foram presos em flagrante por facilitarem a fuga. As informações são da TV Globo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.