Assaltantes invadem boate e ameaçam queimar clientes

Episódio ocorreu em Carmo do Paranaíba (MG); vítimas ainda tiveram de tirar a roupa e foram torturadas com choque elétrico

Rene Moreira, Especial para O Estado

12 Abril 2016 | 16h22

FRANCA - Três homens foram presos nesta segunda-feira, 11, horas após assaltarem uma boate em Carmo do Paranaíba (MG). Eles invadiram o local na madrugada, jogaram álcool nos clientes e ficaram mais de três horas ameaçando queimá-los. 

Durante o roubo, as vítimas ainda tiveram de tirar a roupa e foram torturadas com o uso de uma arma de choque elétrico. Depois, os bandidos fugiram levando celulares, pacotes de preservativos, perfumes, óculos, cigarros, objetos de valor e mais R$ 2 mil em dinheiro.

De acordo com a polícia, funcionárias e alguns clientes foram rendidos na boate. Logo após o roubo, eles pediram socorro e um cerco foi montado na região na tentativa de prender os autores.

Flagrante. Os três acabaram localizados. Foram recuperados os pertences roubados e R$ 1,4 mil em dinheiro. Um dos envolvidos é menor e os outros dois são maiores, sendo eles Vitor Ferreira de Souza, de 28 anos, e Daniel Henrique Borges, de 25 anos. Eles já têm passagens por roubo, furto, tráfico de drogas e porte ilegal de arma.

  

Mais conteúdo sobre:
Minas Gerais Violência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.