Assaltantes liberam reféns e se entregam à polícia no Rio

Os assaltantes que invadiram uma agência do Bradesco na Rua Dias da Cruz, no Méier, no Rio de Janeiro, libertaram às 10h10 o primeiro refém, um entregador de lanche que estava no banco. Por volta das 10h45 os três bandidos, que também mantinham como refém o gerente da agência e um vigilante, se entregaram à polícia. De acordo com o comandante do 3.º Batalhão da Polícia Militar (Méier), Mauro Teixeira, que negociou com os assaltantes, os três homens estavam armados com uma pistola e quatro revólveres. Um dos revólveres foi tomado do vigilante da agência, feito refém junto com o gerente e um entregador de lanches. Os assaltantes pediram a presença de representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e da imprensa."Eles chegaram a exigir um carro para fuga, mas afirmamos que isso era inegociável. Com o tempo, fomos conquistando a confiança deles (os criminosos) e obtivemos a rendição incondicional", declarou o comandante. Texto alterado às 15h15 para acréscimo de informações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.