Assaltantes mantêm reféns em fábrica no RS

Dois assaltantes mantêm seis pessoas como reféns desde às 16 horas desta segunda-feira dentro do galpão da fábrica de esquadrias de madeira Imabel, em Novo Hamburgo, na região metropolitana de Porto Alegre.A indústria está cercada pelo Grupo de Ações Táticas Especiais da Brigada Militar. Nas negociações, feitas por telefone celular, os assaltantes exigem um carro para sair do local com três reféns. O coronel Rodolfo Pacheco tenta obter a rendição sem fazer concessões.Segundo as primeiras informações da polícia, os assaltantes tinham a intenção de levaro dinheiro destinado ao pagamento do salário dos funcionários. Alertada da ação suspeita da dupla, que chegou ao local a pé, a Brigada Militar passou a rondar o prédio.Quando sentiram que não teriam como sair, os ladrões tomaram as sete pessoas que estavam na empresa como reféns. Uma delas foi libertada duas horas depois do início do seqüestro. Às 20h50min desta segunda-feira permaneciam em poder dos assaltantes o dono da empresa, Ênio Saltiel, dois filhos, e três funcionários.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.