Assaltantes matam taxista em São José dos Campos

O taxista Sebastião João Diniz, de 46 anos, morreu hoje ao tentar fugir de dois assaltantes, quando parou num semáforo, na zona sul em São José dos Campos. Por volta do meio-dia, o motorista, acompanhado de um bancário da agência do Mercantil, levava um malote do banco para a empresa Cone Elevadores, com R$1.500. Ao parar no sinal vermelho de um farol, o motorista foi abordado por dois homens armados que estavam em uma moto. Ele e o bancário entregaram o dinheiro, mas foram baleados quando o taxista tentou acelerar o carro para fugir. Com dois tiros no tórax e na axila, Diniz ainda dirigiu por um quarteirão até chegar em um posto de gasolina para pedir socorro. Chegou a estacionar o veículo e, em seguida, morreu.O funcionário do banco, que teve o nome mantido em sigilo pela polícia, não teve ferimentos. Segundo a polícia, o taxista fazia este serviço todos os dias há 4 anos. A polícia não conseguiu identificar os assassinos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.