Assaltantes presos após seqüestro relâmpago no interior de SP

Durante um assalto a ocupantes de um Corsa, no município de São Roque, no interior paulista, uma quadrilha fez reféns um casal e sua filha de quatro anos. Dois integrantes do bando seguiram com as vítimas por uma estrada e só as libertaram cerca de meia hora depois. A dupla foi presa no município de Itapevi. Interrogados, os presos entregaram outros bandidos, que foram apanhados no início da madrugada desta segunda-feira, na mesma cidade em que aconteceu o seqüestro relâmpago. Exceto um adolescente, os demais - quatro pessoas - tinham passagens na polícia por furtos roubos, um deles por assalto a banco.Os ocupantes do Corsa retornavam de uma festa em um clube e pararam, para esperar amigos que estariam em outro veículo. Os criminosos aproveitaram para abordá-los. Ordenaram que o motorista e uma pessoa que estava no banco da frente que descessem. O casal e a filha estavam no banco traseiro e foram levados como reféns. Policiais de Itapevi souberam do fato e ficaram em alerta. Quando o Corsa chegou naquele município foi interceptado. As vítimas tinham sido liberadas pelos criminosos um pouco antes.Márcio Aparecido Barbosa do Nascimento, de 24 anos, que estava armado durante o assalto e que dirigia o carro roubado, já esteve preso por furto. Ele entregou os bandidos Josimar Miranda da Silva, de 32 anos, Ivanice de Souza Ramos, de 18, Roberto Francisco Marques, de 51, e seu filho de 15 anos. Todos foram apanhados num esconderijo próximo à linha férrea.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.