Assaltantes roubam sacoleiros de Santos

Assaltantes roubaram, por volta das 23 horas de domingo, 12 passageiros e dois motoristas de um ônibus de turismo que viajavam de Santos (SP) para Foz do Iguaçu, na divisa com o Paraguai, com o intuito de fazer compras. O assalto aconteceu na BR-277, nas proximidades de Palmeira, a 85 quilômetros de Curitiba. Eles perderam cerca de R$ 12 mil, jóias, cartões de crédito, talões de cheque e objetos pessoais e ainda tiveram que tirar as roupas para que os assaltantes tivessem certeza de que não estavam escondendo nada. Antes de fugir, os assaltantes ainda quebraram a ignição do ônibus e trancaram os passageiros no bagageiro. De acordo com o delegado de Pitanga, Silvio Eduardo Hellwig, os assaltantes conseguiram parar o ônibus reduzindo a velocidade de um automóvel que trafegava à sua frente. Quando o motorista do ônibus parou, outro automóvel abordou-o e quatro homens fortemente armados obrigaram-no a abrir a porta e conduzir o veículo para uma estrada de terra a cerca de 2 quilômetros dali, onde terminaram o assalto. Dois passageiros foram feridos levemente, um levou uma coronhada na cabeça e outro teve um corte na barriga. O delegado disse que, com a ajuda do Centro de Operações Policiais Especiais de Curitiba, já tinha pistas seguras de dois dos assaltantes, mas ninguém ainda tinha sido preso.Um Golf usado no assalto e que tinha sido roubado sexta-feira emCamboriú (SC) foi abandonado nas proximidades. No dia 10, quatro assaltantes tinham roubado cerca de R$ 60 mil de sacoleiros que viajavam de Goiás para Foz do Iguaçu, quando estavam próximo a Santa Fé, a 500 quilômetros de Curitiba, no noroeste do Paraná.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.