Assaltantes se entregam e libertam 14 reféns em Maceió

Menino de 5 anos estava entre os reféns; negociação durou duas horas e um ladrão foi ferido na mão

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

23 de setembro de 2008 | 10h16

Catorze pessoas, entre elas uma criança de 5 anos, foram mantidas reféns no começo da manhã desta terça-feira, 23, em um supermercado na periferia de Maceió, em Alagoas. Por volta das 6 horas, quatro homens tentaram assaltar o supermercado São Domingos, em Tabuleiro do Martins, no momento em que os funcionários abriam a loja.  Policiais que passavam pelo local, e que já vinham investigando a quadrilha, interceptaram os ladrões, que se refugiaram dentro do supermercado, mantendo 13 funcionários reféns e um menino que entrou na loja para comprar uma lapiseira para ir à escola. Houve troca de tiros e um dos bandidos, de prenome William, foi ferido na mão e levado para o Hospital Pronto-Socorro de Maceió. Após duas horas de negociações das equipes do Centro de Gerenciamento de Crises e do Batalhão de Operações da Polícia Militar, os bandidos se renderam e libertaram os reféns, que passam bem. Três ladrões foram levados para o 4ºDP, em Maceió. Outro bandido conseguiu fugir em um Gol, segundo a polícia, que apreendeu três pistolas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.