Assaltantes sequestram PM e acabam mortos

O policial militar de Campinas Antônio Inácio Pereira do 8º Batalhão da PM, matou três assaltantes em um posto de combustíveis da Rodovia dos Bandeirantes em Itupeva, no Shopping Serra Azul, ao lado do Hopi Hari. Ele foi sequestrado quando parou o seu Corsa ano 2002 em um telefone público na marginal da Rodovia Santos Dumont, no Jardim Itatinga.Os bandidos ordenaram à vítima - sem saber que era policial militar -, que fosse para o banco traseiro e tomaram o destino de Jundiaí. No caminho, como faltava combustível, o carro foi estacionado em um posto. Segundo Pereira, ele aproveitou da "distração do grupo" e atirou no "escolta" que estava ao seu lado. Os outros dois, que estavam armados, começaram a gritar "mata ele, mata ele". Para se defender, o PM acabou acertando os outros dois também.Na delegacia de Itupeva, o soldado de 32 anos, disse ao delegado Gilmar Marto Monteiro que imediatamente acionou duas guarnições de Resgate da AutoBAn e avisou a Polícia Rodoviária. Os assaltantes não resistiram. Os três corpos estão no Instituto Médico Legal (IML) de Jundiaí, sem identificação. Com eles havia documentos em nome de Everton Pereira Santana, de 18 anos e Diego Ribeiro, de 20. A Polícia não tem certeza da identificação, porque as fotos são muito diferentes dos acusados. Investigadores apuram ainda se os rapazes poderiam ser fugitivos da Febem. O PM foi liberado e a Polícia abriu inquérito de roubo, seqüestro, resistência e morte.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.