Assaltantes usam garoto de 13 anos em roubo à loja

Um garoto de 13 anos, o padrasto dele e outro bandido foram presos no início da noite desta quinta-feira, 15, em Suzano, na Grande São Paulo. Eles estavam em um carro roubado na divisa do município de Itaquaquecetuba com o Itaim Paulista, na zona leste da capital. O trio ia praticar assalto a um estabelecimento comercial, quando foi surpreendido por policiais militares. Coincidentemente a prisão aconteceu no mesmo dia em que a Câmara dos Deputados aprovou que seja dobrada a pena para marginais que usem menores em seus crimes. Sérgio Oliveira Bertini, de 39 anos, é velho conhecido da polícia. Autor de alguns homicídios e vários roubos, permaneceu 16 anos na cadeia e saiu em liberdade condicional, com mais de dez anos ainda por cumprir. Ele é o padastro do menino de 13 anos, cuja mãe está presa por homicídio e um irmão, por roubo. Sérgio e o enteado assaltaram, com a ajuda de Benedito Anselmo de Santana, de 40 anos, a irmã de um policial militar e roubaram seu veículo. O trio usava um revólver de calibre 38 e, segundo a vítima, o adolescente era quem agia com mais violência. Ela deu queixa na delegacia de Itaquaquecetuba. Quando os PMs surpreenderam o grupo, a Polícia já sabia do assalto. "A gente viu o carro, conferiu as placas e ao saber que era produto de roubo, não deu chance para que reagissem", afirma o sargento Ronaldo, da Força Tática do Batalhão de Suzano (32º BPMM), que comandou a prisão. Os três, segundo a polícia, foram apanhados quando iam em direção a um estabelecimento onde funcionam um adega e uma panificadora, que seriam assaltadas. "Eles admitiram que era essa a sua intenção", confirma o sargento. Os dois adultos cumprirão na totalidade as penas a que foram condenados e ainda responderão a processo pelo roubo do veículo, porte ilegal de arma e por corrupção de menor. O menino foi encaminhado ao juiz da vara de Infância e Juventude, que deverá encaminha-lo à Febem (Fundação do Bem-Estar do Menor), onde poderá ficar por três anos.

Agencia Estado,

16 Fevereiro 2007 | 10h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.