Assalto a agência do BB deixa dois mortos

Doze assaltantes encapuzados e armados de fuzis AR-15 e pistolas semi-automáticas assaltaram nesta terça-feira pela manhã a agência do Banco do Brasil de Grajaú, no Maranhão, 600 quilômetros ao sul de São Luís. Depois de roubar o banco, eles mataram o policial civil Raimundo Cardoso e o gerente do BB, Fernando Daniel Carvalho Melo, de 39 anos, que foi levado como refém, além de ferir dois policiais militares e dois policiais civis.Eles entraram atirando na agência e forçaram o gerente a abrir o cofre do banco. Segundo informações extra-oficiais, foram roubados cerca de R$ 200 mil da agência. Os assaltantes fugiram numa caminhonete Mitsubishi cabine dupla azul escura, placas MVX 3840, de Goiânia, GO, e levaram o gerente Fernando, o caixa Luís Rodrigues e um mototaxista conhecido como José Cláudio, que estava na porta da agência do BB, como reféns.Nas proximidades da agência, os assaltantes trocaram tiros com o policial civil Jorge Hilário e depois com outros policiais civis. Na segunda troca de tiros, os assaltantes mataram o policial Raimundo Carvalho. Rumaram então para a rodovia BR-226, em direção à cidade de Barra do Corda, ao nordeste de Grajaú.Um caminhão colocado pela polícia no acesso à rodovia bloqueou a passagem dos assaltantes, que trocaram tiros com policiais militares e feriram os soldados Rômulo e Marcelo. Eles voltaram ao centro da cidade, em direção à saída para a rodovia MA-006, que liga Grajaú ao município de Arame.No centro de Grajaú, os assaltantes mataram o gerente do BB, com um tiro na nuca, dado de cima para baixo e jogaram seu corpo na rua. Depois, já na rodovia MA -006, a 4 quilômetros de Grajaú, eles libertaram o caixa do BB e o mototaxista.A Mitsubishi foi abandonada na estrada, a 40 quilômetros de Grajaú, e incendiada pelos assaltantes, que desapareceram, sem deixar vestígios, segundo informou o delegado Robson Rui, da superintendência do Interior, da Gerência de Justiça e Segurança Pública do Maranhão.Mais de cem policiais de Grajaú, Barra do Corda, Imperatriz e Balsas estão vasculhando a região onde a caminhonete foi queimada, mas até às 18h30 desta terça, nenhum dos doze assaltantes tinha sido capturado.O superintendente regional em exercício do BB no Maranhão, Gregório Macedo, informou no fim da tarde desta terça-feira que o banco ainda não confirmou o valor roubado da agência de Grajaú e que o corpo do gerente estava sendo transportado para São Luís para a realização de autópsia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.