Assalto a agência do BB intriga polícia

Um assalto está intrigando a Delegacia de Roubo a Bancos. Ocorreu entre a noite de anteontem e a madrugada desta quarta-feira. Cinco homens participaram do assalto, segundo o vigia da agência do Bando do Brasil da Avenida Bernardino de Campos, no Paraíso, na zona sul.Eles entraram na agência às 22 horas e saíram às 6h30. Até as 19 horas desta quarta-feira, o banco não havia dito à polícia quanto foi levado. Sabia-se que pelo menos R$ 80 mil estavam na agência, mas os ladrões também roubaram ouro, jóias e cheques de viagem.Tudo estava depositado no cofre, aberto com uma furadeira pela quadrilha. Segundo o vigia Rogério João da Silva, de 28 anos, primeiro chegaram três homens nos caixas automáticos da agência. Ele disse à polícia que estranhou a presença dos três e caminhou em direção aos fundos da agência, quando o telefone tocou. Ele atendeu e um homem disse: "Fica na moral que nós estamos com a sua filha e a sua mulher".Silva afirmou que olhou para a frente da agência e viu um dos homens apontando uma submetralhadora. Os outros dois entraram armados com pistolas pela porta giratória, que, segundo o vigia, não os deteve, apesar do detector de metais.O alarme, porém, disparou. Um supervisor da empresa de segurança para a qual o vigia trabalha telefonou para o banco. Silva afirmou que foi obrigado a dar a senha verdadeira para a empresa, como se o alarme tivesse sido falso, porque os ladrões a conheciam.Em seguida, outros dois assaltantes chegaram, um deles com a furadeira. Além do dinheiro, cheques e ouro, os ladrões levaram cinco revólveres e as duas fitas de vídeo que gravavam o movimento na agência. O vigia disse que eles saíram da agência a pé. Por enquanto, a polícia não tem pistas dos ladrões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.