Assalto a distribuidora de água acaba em morte em SP

Sem que as vítimas pudessem esboçar qualquer tipo de reação, um homem moreno, aparentando 25 anos, que assaltava uma distribuidora de águas na Zona Oeste da capital paulista, efetuou disparos contra os dois homens que estavam no local. Atingidos, um deles morreu ao ser socorrido no Pronto-Socorro do bairro de Pirituba e o outro continua internado. O crime ocorreu pouco depois das 21h00 da noite de sexta-feira.Segundo a testemunha ocular Alexandre Nicola, o criminoso entrou sozinho no depósito, enquanto um comparsa ficou à porta, meio escondido. Aos gritos, exigindo que as vítimas lhe entregassem dinheiro e ameaçando-os com um revólver, o homem obrigou as vítimas a ir para o fundo do estabelecimento e colocar as mãos sobre a cabeça. Então, sem qualquer razão aparente, o assaltante agrediu Fábio Rodrigues Dias, de 26 anos, com uma coronhada na cabeça. A arma disparou, mas não acertou ninguém.Bastante agitado, o criminoso foi até a porta e apanhou outro revólver com o comparsa. Começou, então, a atirar na direção das duas vítimas. Além de Fábio - que realizava entregas de galões de água com uma motocicleta -, foi também baleado o motorista Carlos Antônio de Oliveira Lima, 35 anos. Depois de consumado o ato, os criminosos fugiram a pé, levando cerca de R$ 500,00. Nicola, a testemunha, socorreu os baleados, levando-os ao hospital. Fábio morreu, pouco depois, e Carlos encontra-se em observação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.