Assalto a sacoleiros provoca acidente na Marginal Tietê

Um assalto a um ônibus de sacoleiros que iam para Foz do Iguaçu (PR) terminou com três bandidos presos, o motorista baleado e dois passageiros feridos na zona Norte da capital paulista.Por volta das 19h desta terça-feira, na pista sentido Penha-Lapa da Marginal Tietê, ao lado do sambódromo, três bandidos, armados de duas réplicas de pistola 380mm e um revólver calibre 38, que ocupavam um ônibus com os 15 sacoleiros, anunciaram o assalto. Um deles, Francis dos Reis Neves, de 22 anos, armado com o revólver, estava na cabine ao lado do motorista Júlio César Fernando de Souza, de 33 anos. Como já conhecia os demais passageiros, pois essa não era a primeira viagem que fazia para Foz do Iguaçu, Francis aproveitou a oportunidade para levar dois comparsas, Luiz Abraão Batista, de 18 anos, e um menor, de 17. A intenção do rapaz era assaltar o grupo.Enquanto a dupla fazia o arrastão em meio aos passageiros, Francis dominava o motorista, que acabou entrando luta corporal com o bandido. Baleado de raspão na cabeça, Júlio César perdeu o controle do ônibus, bateu contra um poste, arrastando-o por mais de 100 metros. O ônibus só parou quando atingiu a grade ao lado do sambódromo.A equipe H-Sul de agentes do Departamento deHomicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que passava pelo local, testemunhou o acidente e, ao se inteirar do que havia ocorrido, deteve Francis ainda na marginal. Abraão e o menor conseguiram fugir, mas após atravessarem a marginal e tomarem um táxi, acabaram cruzando novamente com os policiais civis ao lado do sambódromo. O taxista, desconfiando de que a dupla estava fugindo, resolveu dar um sinal aos agentes e parou o veículo.Os três bandidos, detidos, foram levados para o DHPP. A dupla foi indiciada pelo delegado titular da equipe H-Sul, Flávio Afonso da Costa. Omenor será levado à Febem. O motorista do ônibus foi socorrido no Hospital do Tatuapé e passa bem. Uma passageira foi levada ao Pronto-Socorro do Complexo Hospital do Mandaqui, com ferimentos leves; outro passageiro também foi para o Hospital Tatuapé.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.