Assalto a soldado da Rota termina em troca de tiros

Por volta das 17h30 da quinta-feira, o soldado das Rondas Ostensivas Tobias Aguiar (Rota), Fábio Sampaio Mota, foi abordado por três bandidos quando estacionava seu veículo em frente a sua residência, na zona leste de São Paulo. Mota havia passado no banco momentos antes, onde sacou R$ 1 mil. Após ter o dinheiro tomado, o soldado reagiu e trocou tiros com o trio. Os bandidos, que estavam em uma moto e em uma picape Corsa, trataram de fugir. Um dos ocupantes da moto abandou o veículo no local. Os outros dois, um deles baleado na barriga, fugiram na picape, mas foram logo localizados por colegas do soldado na Estrada da Barreira Grande. Sob o comando do sargento Tafuri, policiais trocaram tiros com os assaltantes que, mesmo feridos, teriam resistido à prisão. Valney, o bandido que fora baleado na barriga, recebeu outro tiro e morreu a caminho do pronto-socorro da Vila Alpina. Com a dupla de criminosos, a PM apreendeu dois revólveres com a numeração raspada. O soldado Mota foi levado ao Hospital da Polícia Militar em função de ferimentos em uma das pernas.

Agencia Estado,

25 de junho de 2004 | 06h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.