Assalto ao Metrô deixa 2 mortos, 2 feridos e 1 preso

Um assalto a estação do Metrô na zona Leste de São Paulo terminou com dois bandidos mortos, outros dois feridos e um preso pela Polícia Militar. O grupo de cinco assaltantes se reuniu no Metrô Anhangabaú no final da noite de ontem e partiu para a Estação Patriarca. Um sexto integrante da quadrilha esperava os companheiros em um automóvel Gol do lado de fora da estação. Já na plataforma, os bandidos renderam uma segurança. Na parte superior da estação, surpreenderam mais dois seguranças e três funcionários. Todos foram obrigados a permanecer deitados próximo às catracas enquanto os bandidos abriam o cofre e recolhiam dinheiro e bilhetes. Outros funcionários que perceberam o assalto conseguiram acionar a polícia. Uma viatura da PM se aproximou do Gol, que fugiu antes da chegada do resto do bando. Os assaltantes retornaram para a estação começaram a atirar contra os policiais, que revidaram. Ainda não foram identificados os dois mortos e os outros dois feridos. O quinto bandido, que foi preso, é Joab Inácio Salles, de 27 anos. Nenhum funcionário ou policial foi ferido no tiroteio e o caso foi registrado na Delegacia do Metrô.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.