Assalto deixa feridos em hipermercado de SP

Uma tentativa de roubo no estacionamento do Hipermercado Carrefour, localizado na Avenida das Nações Unidas, nº 1187, na Granja Julieta, zona Sul da cidade de São Paulo, por volta das 22h de ontem, terminou com duas pessoas baleadas e um bandido preso. O soldado Fred Wágner Luiz de Oliveira, de 27 anos, da 2ª Companhia do 01º Batalhão, e sua esposa, Elisabete Vilela de Oliveira, 33, foram vítimas de uma tentativa de roubo quando saíam do hipermercado. Segundo as vítimas, o cartão eletrônico do policial apresentou problemas no momento do pagamento no caixa. O policial, após conseguir pagar a marcadoria, dirigiu-se até um caixa-eletrônico para verificar o que havia ocorrido com o cartão. A esposa do soldado e o filho do casal, Luca, de 1,9 ano de idade, ficaram no carro, um Golf preto.O bandido, Jaciel Vieira dos Santos, de 20 anos, armado com dois revólveres, encostou junto ao vidro do carro e anunciou o assalto, mas não contava com a volta repentina do marido da vítima. O bandido irritou-se com Elisabete que, ao perceber a chegada do policial, fechou o vidro. Santos atirou na direção da mulher, atingido-a em um dos cotovelos. O soldado gritou e começou a troca de tiros. Atingido na barriga, Fred foi levado para o Pronto-socorro Alvorada pela própria esposa. Um segurança do Carrefour, que presenciou o tiroteio, avisou policiais militares do 22º Batalhão que passavam pela avenida e disse que o bandido estava de jaqueta preta e camiseta amarela.O assaltante acabou detido pelos policiais nas proximidades do estacionamento e foi indiciado por tentativa de roubo e porte ilegal de arma pela delegada Luciara de Cássia Campos, do 11º Distrito Policial, de Santo Amaro, onde o caso está registrado. O soldado continua internado no Hospital Alvorada, onde passa por cirugia, mas já fora de perigo. A esposa dele foi liberada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.