Assaltos violentos deixam um morto e cinco feridos no RS

Dois assaltos violentos deixaram uma pessoa morta e cinco feridas nesta terça-feira em Porto Alegre. O soldado Sérgio Andrade de Almeida, da Brigada Militar do Rio Grande do Sul, morreu atingido por um tiro no peito ao reagir a dois ladrões que entraram armados anunciando um assalto a uma agência lotérica do Jardim Leopoldina, na zona norte de Porto Alegre. Um colega de Almeida foi atingido por uma coronhada e ficou com hematomas, mas passa bem. Um dos assaltantes foi capturado pela polícia.No bairro São Geraldo, também na zona norte, quatro homens roubaram cerca de R$ 6 mil de uma agência do banco Santander. Na fuga, foram perseguidos por policiais. Houve troca de tiros. Dois assaltantes foram baleados e levados ao Hospital Cristo Redentor, onde ficaram internados em estado grave. Os outros dois foram presos.O tiroteio também feriu o motorista de um ônibus que passava pelo local e foi atingido por estilhaços de vidro. Uma bala perdida acertou a perna de um pedestre, que recebeu atendimento médico e está fora de perigo.

Agencia Estado,

31 de outubro de 2006 | 20h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.