Assassino de brasileira teria fugido para Cuba

A Justiça da Basileia disse que o principal suspeito de ter espancado uma brasileira até a morte em uma boate na cidade suíça, no sábado, fugiu para Cuba. As autoridades pedem que Havana prenda e entregue o suspeito à Suíça. Segundo o Ministério Público da Basileia, o suspeito é um cubano de 36 anos que vive na Suíça.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.