Assassino de jovem inglesa tenta matar colega de cela em Goiás

Mohammed d'Ali está preso desde 2009 por ter matado e esquartejado a estudante Cara Marie Burke

15 de abril de 2010 | 21h03

Julia Baptista, da Central de Notícias

 

GOIÂNIA- Mohammed d'Ali Carvalho dos Santos, de 21 anos, assassino confesso da jovem inglesa Cara Marie Burke, tentou matar um colega de cela na noite desta quarta-feira, 14, na Penitenciária Coronel Odemir Guimarães, em Aparecida de Goiânia, na região metropolitana de Goiânia (GO).

 

Mohammed está preso desde maio de 2009. Ele foi condenado a 21 anos de prisão por ter matado e esquartejado a estudante inglesa Cara Marie Burke, de 17 anos, em julho de 2008.

 

Segundo a PM de Goiás, houve uma discussão entre Mohammed e o colega por causa da atual namorada do acusado. Dois presos teriam testemunhado a briga. Mohammed disse à polícia que usou uma faca de madeira que ele mesmo produziu na prisão para fazer dez perfurações no abdômen da vítima.

 

Mohammed vai responder por tentativa de homicídio, mesmo preso. Em depoimento à polícia, ele disse que, se a vítima sobreviver, vai tentar matá-la novamente.

 

O preso foi encaminhado em estado grave para o Hospital de Urgência de Goiânia.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.