Assassino de juiz é condenado a 30 anos

O Tribunal do Júri da Barra Funda, em São Paulo, condenou, em segundo julgamento, quarta-feira à noite, Reinaldo Teixeira dos Santos, o Funchal, a 30 anos de prisão pela morte do juiz Antônio José Machado Dias, que era corregedor dos 19 presídios da região de Presidente Prudente. Ele foi assassinado a tiros em março de 2003.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.