Assassino de membro do PV entrega-se

O ex-prefeito de Ubaíra, a 264 quilômetros de Salvador, Ivan Eça de Menezes (PFL) apresentou-se domingo ao Departamento de Polícia do Interior (Depin), depois de passar três dias foragido. Ele confessou ao delegado Edmilson Almeida ter assassinado a tiros o presidente do Partido Verde de Ubaíra, Natur de Assis Filho, durante uma briga. O outro envolvido no crime, Laurito Menezes, irmão do ex-prefeito, continua foragido.O assassinato foi visto por 40 testemunhas que faziam parte do grupo político de Assis Filho e estavam reunidas numa casa discutindo a suposta agressão a uma parente de Eça de Menezes. Armado e sabendo da reunião, o ex-prefeito, junto com Laurito Menezes, invadiu a casa. Assis Filho tentou acalmar os dois e foi morto.Logo depois, os irmãos fugiram, revoltando os moradores da cidade. O crime foi comunicado pela Direção Nacional do PV ao ministro da Justiça, José Gregori, que exigiu providências à Secretaria de Segurança Pública (SSP) da Bahia para prender os assassinos.O advogado de Menezes pretende entrar na Justiça com um pedido de habeas-corpus para que o acusado responda ao processo em liberdade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.