Assassino de Tim Lopes pede benefício

O Ministério Público do Estado do Rio manifestou-se contrário ao pedido feito por Claudino dos Santos Coelho, o Xuxa, para obter o direito de "fazer visitas periódicas ao lar". Segundo o MP, Xuxa torturou e matou o jornalista Tim Lopes, quando fazia reportagem sobre prostituição infantil em bailes funk na favela de Vila Cruzeiro, em 2002, e foi condenado a 23 anos e 6 meses de reclusão. Ele alegou bom comportamento para pedir o benefício.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.