Assassino esquece documento ao lado da vítima

Ao ver que um marginal assaltava um motociclista em frente ao número 20 da Rua Cerro Alegre, no Parque Maria Helena, na zona Sul de São Paulo, Francisco Ziuleneuto Diniz, de 26 anos, tentou intervir e foi baleado no peito. Fugindo sem nada levar, o ladrão deixou cair cuma carteira e foi identificado e indiciado por homicído, no 92º DP - Parque Santo Antonio.Raumir Monteiro da Silva morador na Vila remo, estava com sua moto Turuna 125 de placa CNJ-8236, naquele local, quando foi aborado pelo delinqüente armado. Estava prestes a entregar-lhe a motocicleta, quando surgiu Francisco, gritando para assustar o marginal. A reação foi disparar em sua direção e acertá-lo no peito.A carteira de Rafael Pires da Silva, 21 anos, ficou caída perto do corpo de Francisco, enquanto ele fugia a pé. A foto nos documentos foi reconhecida pelo motoqueiro, como sendo o rapaz que o assaltou. A polícia agora está à procura do criminoso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.