Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Assassinos do casal têm prisão provisória decretada

A entrevista da Polícia no Departamento de Homicídios e de Proteção ao Patrimônio (DHPP), mostrou que os três jovens acusados de terem matado o casal Manfred Albert Richthofen e Marísia, tiveram suas prisões provisórias decretadas pela Justiça. Suzane Luise, a filha do casal, que participou do assassinato, foi para uma delegacia próxima da sua casa, no Campo Belo. Os outros participantes estão sendo enviados para distritos policiais das zonas Oeste e Sul da Capital. Os três confessaram o crime, segundo a polícia.Acompanhe toda a história nos links abaixo. » Quinta, 31/10: Casal é assassinado no Campo Belo » Para vizinhos, casal era "simpático e reservado" » Sexta, 1/11: Policiais investigam namorado e filha do casal » Segunda, 4/11: Filha do casal depõe pela segunda vez » Terça, 5/11: Polícia volta à mansão do casal assassinado » Quarta, 6/11: Para Polícia, casal foi assassinado por vingança » Quinta, 7/11: Preso o irmão do namorado da filha » Sexta, 8/11: Pedida prisão de suspeito de matar o casal» A Polícia conclui: Suzane, a filha, tramou o assassinato»Assassinos do casal têm prisão provisória decretada»Polícia encontra material furtado na casa do casal

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.