Associações discutem fechamento do comércio aos domingos

A aprovação da Lei 13.473 pela Câmara Municipal de São Paulo, que proíbe o funcionamento do comércio aos domingos, forçou o presidente da Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop) a mudar de planos. Nabil Sahyoun, que estava em Nova York participando da 92ª Convenção da National Retail Federation (NRF) maior evento mundial do varejo não-alimentício, antecipou sua volta ao País para participar nesta quarta-feira de uma reunião com a prefeita Marta Suplicy.O executivo, que participará do encontro ao lado de representantes da Associação Comercial de São Paulo, da Federação do Comércio do Estado de São Paulo e do Sindicato dos Comerciários, pretende defender os interesses dos varejistas de shoppings na abertura do comércio ao domingo, dia que já se consolidou no setor como o segundo mais importante em vendas na semana.Em nota divulgada à imprensa, Sahyoun ressaltou que o comércio varejista aos domingos funciona há cinco anos, gerando empregos e contribuindo para a arrecadação de impostos. "Agora enfrentamos essa decisão, que no fundo contraria a proposta do governo federal de promover a geração de novos empregos", comunicou. A reunião acontecerá às 14h30 no Palácio das Indústrias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.