Ataques deixam saldo de 4 ônibus queimados em Sorocaba

Depois de um dia de muita confusão e medo, os moradores de Sorocaba e algumas cidades da região, tentaram voltar a rotina nesta terça-feira. Mas a cidade encerrou a noite de segunda-feira com 4 ônibus incendiados. O primeiro foi no início da tarde na zona norte da cidade. Os outros três foram atacados depois das 22 horas. Em quarenta minutos ocorreram os 3 ataques. O primeiro coletivo foi incendiado no bairro de Nova Esperança. O ônibus seguia vazio para a garagem. O motorista foi obrigado a parar e seguir com dois homens por uma rua escura. Os homens obrigaram o motorista descer e colocaram fogo no veículo. O segundo caso foi em outro lado da cidade. O motorista Marcelo de Souza Alves, estava no bairro Jardim Tatiana e foi rendido por dois rapazes encapuzados e armados. Mais outros dois homens subiram no ônibus com garrafas de gasolina e colocaram fogo no veículo. O ônibus estava vazio a caminho da garagem.O último ataque ocorreu às 22h50, na Zona Norte. Seis homens embarcaram no ponto final e obrigaram o motorista descer e atearam fogo no veículo. Em Sorocaba o transporte coletivo parou de circular às 23 horas. Ninguém ficou ferido nesses ataques. Em Votorantim o comércio também baixou as portas mais cedo e perto das 19 horas o único terminal de ônibus foi fechado. A empresa que opera na cidade recolheu os coletivos com medo de ataques. Na cidade de Itapetininga, o comércio também encerrou suas atividades mais cedo. Os comerciantes estavam com medo de represália de criminosos. A rebelião no presídio da cidade deixou os moradores tensos e inseguros, mas nenhum ocorrência grave foi registrada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.