Atiraram em quem negou dinheiro

A população do bairro de Santa Teresa voltou a se chocar com a violência na noite desta quinta-feira. Duas semanas depois da morte da fonoaudióloga Márcia Castro Lira, três pessoas foram feridas à bala no meio da rua por dois homens que passavam num automóvel. As vítimas foram o aposentado Jorge Gonçalves, de 77 anos, atingido por uma bala que lhe atravessou a perna esquerda e fraturou um osso, a dona de casa Rubenilse Silva Coelho, de 29 anos, ferida nas nádegas, e o adolescente A., de 17 anos, baleado nos dois braços e nas duas pernas.Eles estavam com outras quatro pessoas na escadaria da Rua Francisco Muratori. Os dois ocupantes do carro, um Tempra, pararam no meio do grupo e pediram dinheiro. Como eles se recusaram a dar, um deles sacou um revólver e disparou diversas vezes.Foram encontradas 20 cápsulas deflagradas na rua. Testemunhas contaram à polícia que a dupla prometeu voltar e, que, da segunda vez, voltariam "para matar". Um carro da Polícia Militar chegou a perseguir o Tempra, mas os bandidos conseguiram fugir. A polícia acredita que o alvo dos bandidos era o adolescente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.