Atitude de PMs da Rotam será apurada

A Polícia Militar do Paraná abriu investigação para saber por que policiais da Ronda Ostensiva Tática Móvel não encaminharam o advogado Cláudio Dalledone, seu irmão, o estudante Marlos Dalledone, o jovem Jean Rodrigo Matos e seu pai, Jair Matos, para delegacia após briga na quinta-feira, no bairro Batel, área nobre de Curitiba. Jean afirma ter apanhado dos irmãos. Dalledone disse que houve briga de rua, mas "tudo foi resolvido".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.