Ato de alunos e professores pede mais segurança

A manifestação dos professores da rede estadual e municipal de Jacareí parou o trânsito no centro da cidade nesta quinta-feira à tarde. Cerca de 400 pessoas, entre professores e estudantes, protestaram contra o crescimento da violência na cidade.A manifestação durou duas horas e terminou na Praça do Rosário. Há duas semanas, dois professores foram assassinados, vítimas de latrocínio.Alexandre Quina de Siqueira, 32, e Anselmo Henrique Siqueira, 28, foram abordados por três jovens, entre eles um menor, levados a um caixa-eletrônico de onde os ladrões roubaram R$190,00 e mortos em seguida.Segundo o delegado Verney de Freitas, o terceiro suspeito é André Ricardo de Lima Ramos, que teve a prisão decretada pela polícia. O menor R.B, de 16 anos, e Jonas Milton da Silva continuam detidos.No ato, cartas foram entregues ao prefeito Marco Aurélio de Souza (PT) e algumas autoridades policiais. Todas pedindo mais segurança, tanto para alunos quanto para professores.Esta foi a terceira passeata realizada em favor da paz, em menos de um ano. Em janeiro deste ano, seis pessoas morreram no assalto ao supermercado Pão de Açúcar, no centro de Jacareí.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.