Ato público pede escola técnica e faculdade de tecnologia

Com o objetivo de conseguir a instalação de escolas técnicas estaduais, faculdades de tecnologia e de um campus da Universidade de São Paulo na zona sul da cidade, foi realizado hoje, um ato público no auditório da Escola Estadual "Alberto Conte", em Santo Amaro. Além de estudantes, moradores e integrantes do Movimento dos Sem-Universidade (MSU), estiveram presentes deputados estaduais, vereadores e sub-prefeitos da região."Na região Sul residem mais de 4 milhões de pessoas, mas não existe uma escola técnica", lamentou o deputado Ênio Tatto (PT). "A população carente desta região necessita de universidades e escolas técnicas que permitam ao jovem acesso a empregos melhores para uma condição de vida superior."Tatto lembrou de uma pesquisa realizada, recentemente, em escolas públicas dos jardins Ângela e São Luís, demonstrando que, dos mil alunos que se formaram apenas 350 tiveram condições de entrar numa faculdade. O deputado Geraldo Lopes (PMDB) lembrou que, os oito parlamentares eleitos na região, decidiram não fazer reivindicações individuais, mas unificar os movimentos em favor da instalação de Fatecs e universidades públicas na região.De acordo com o parlamentar, o primeiro passo foi dado numa reunião com o secretário de Ciência e Tecnologia, João Carlos Meirelles, que informou que estudos para a instalação de faculdades de tecnologia estão em estado bem avançados.Meirelles, no entanto, aconselhou que, para sair do papel, depende da mobilização dos moradores e dos políticos da região.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.