Atores usam farda da PM em representação e são presos

Dois atores passaram por maus momentos na tarde de segunda-feira, depois de encenarem uma blitz policial para "multar" funcionários da Carbocloro que não estavam usando corretamente o cinto de segurança. O evento fez parte da Semana Integrada de Saúde, Segurança e Meio Ambiente e os organizadores e atores não contavam com o fato de as fardas serem verdadeiras, da Polícia Militar. Para azar dos atores, um deles foi abordado por policiais enquanto aguardava condução. Os PMs desconfiaram quando não viram alguns detalhes na farda. O ator foi levado ao 5º Distrito Policial e, ao saber da prisão do colega, o outro se apresentou junto com representante da indústria para esclarecer o ocorrido. R.F.C, de 31 anos e H.B.F, de 35 anos, foram liberados em seguida, ficando as fardas apreendidas. Eles haviam sido contratados pela Companhia Brasileira de Eventos e a Polícia está apurando como o fardamento foi conseguido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.