Atraso em vôos de São Paulo é causado por manutenção

A manutenção no sistema de proteção ao vôo de São Paulo está causando atrasos em pousos e decolagens nos aeroportos de Congonhas (em São Paulo), Cumbica (em Guarulhos) e Viracopos (em Campinas), segundo informações do Centro de Comunicação Social da Aeronáutica (Cecomsaer). Inicialmente os atrasos tinham sido atribuídos a um problema de comunicação entre as torres que controlam da ponte aérea, e só agora foi divulgada a operação, que já estava prevista para ocorrer nesta segunda-feira.A manutenção determina o aumento de intervalo entre as aeronaves que pousam ou decolam nos aeroportos de São Paulo porque afeta o controle dos vôos, como comunicação entre aeronaves, as torres e os radares. De acordo com o Cecomsaer, os técnicos ainda estão trabalhando nesta manutenção e ainda não há previsão quanto a normalização do sistema.No Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, pelo menos oito pousos e 14 decolagens estão com atraso de até uma hora, tanto para vôos da ponte aérea Rio-São Paulo, como para outros Estados, segundo a Infraero. Nos aeroportos de Cumbica e Viracopos, também há atraso, mas com intervalo menor, de acordo com a Cecomsaer. O tráfego aéreo sobre a capital paulista é intenso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.