Atraso no processamento impede eleitores de votar no Japão

Metade dos eleitores brasileiros que estão no Japão não pôde votar para presidente do Brasil. As urnas na embaixada em Tóquio e no consulado de Nagoya só receberam os votos de 558 brasileiros que estão aptos a votar, dos cerca de 300 mil que moram no país.Segundo o canal Globonews, os registros de quase mil brasileiros que preencheram o formulário no Japão até o dia 03 de maio - data limite do cadastramento - não foram processados a tempo.Com isso, eles não puderam votar. Neste momento, os brasileiros que vivem em outros países da Ásia, Europa e África estão votando para presidente. As seções eleitorais aqui no Brasil abriram às 8h.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.