Atrasos atingem 26,8% dos vôos do País, aponta Infraero

A Infraero informou neste sábado, 28, que 26,8% dos vôos programados para o período entre a meia-noite e 18 horas deste sábado sofreram atrasos superiores a uma hora. O porcentual representa 309 vôos, de um total de 1.154 no País. O índice foi menor do que o registrado na última sexta-feira, 27, quando as chuvas em Congonhas, o maior aeroporto do País, causaram filas e tumulto em vários aeroportos do Brasil. Os atrasos atingiram 31% de todos os vôos programados e as filas de espera ultrapassaram sete horas. Neste sábado, o Aeroporto de Goiânia registrou o maior índice de atrasos, de 42,9%, o equivalente a seis partidas. Em São Paulo, o porcentual de decolagens feitas mais de uma hora após o horário previsto chega a 29,6% no Aeroporto de Guarulhos, onde 47 dos 159 vôos agendados ficaram fora do horário previsto. No Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, 33 vôos atrasaram, o que representa 18,1% dos 182 programados. Na sexta-feira, 47% dos vôos atrasaram. Já no aeroporto do Galeão, no Rio, 34 das 97 operações previstas sofreram atrasos. Contudo, nenhum dos três aeroportos registrou cancelamentos. Do total de vôos do País para este sábado, 18 (1,6%) foram cancelados. O maior número de ocorrências foi verificado no Aeroporto de Fortaleza, onde quatro das 14 partidas previstas não aconteceram. Também ocorreram cancelamentos em Belém (dois), Brasília (dois) e Florianópolis (um).

Agencia Estado,

28 Abril 2007 | 18h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.