Atrasos de vôos nos aeroportos diminuem nesta quinta

Os atrasos dos vôos na manhã desta quinta-feira, 16, diminuíram nos aeroportos de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, em comparação ao início da semana, segundo a Infraero. Nos demais aeroportos do País, a situação era praticamente normal. Até às 8 horas, dos 355 vôos programados nos 68 aeroportos administrados pela empresa em todo o País, apenas 52 ou 14,6% partiram com atraso.Por volta das 9 horas, o Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, registrava apenas quatro atrasos com média de uma hora de espera. No Aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital paulista, eram registrados somente três pousos atrasados. Um vôo da TAM, vindo de Belo Horizonte, por exemplo, com chegada prevista para 8h55 não havia pousado até às 9h25. Já as decolagens ocorriam dentro do previsto.No Aeroporto Internacional Tom Jobim/Galeão, no Rio de Janeiro, às 9 horas não eram registrados atrasos. Porém, o terminal registrava um grande número de vôos cancelados: 20, sendo um deles internacional, com destino a Bogotá, na Colômbia. No Aeroporto de Santos Dumont, não havia registro de atrasos. Em Brasília, os pousos e decolagens ocorrem dentro do horário previsto no Aeroporto Internacional Juscelino Kubitscheck, de acordo com o site da Infraero.AquartelamentoÀs 18h30 da quarta-feira a Aeronáutica encerrou o aquartelamento dos controladores de vôos em Brasília, responsável por 80% do tráfego aéreo nacional, pois considerou que a situação dos aeroportos estava normal. Apesar da suspensão do regime, os controladores continuam em estado de alerta, segundo o Comando da Aeronáutica.No feriado de 15 de novembro, na quarta-feira, os aeroportos registraram longas filas de espera no quinto dia da nova série de atrasos. Até às 22 horas, pelo menos 318 vôos registraram atrasos nos aeroportos de São Paulo, Rio, Brasília, Paraná, Bahia, Porto Alegre e Manaus. O número de vôos programados para o feriado, porém, não foi informado pela Infraero. O maior número de atrasos ocorreu na segunda-feira quando de 1.487 vôos programados, 629 atrasaram.Matéria atualizada às 9h25

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.