Atrasos no aeroporto de Curitiba atingem 65,71% dos vôos

Os atrasos no Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, atingiram, entre as 6 e as 18 horas desta segunda-feira, 65,71% dos 105 vôos previstos. De acordo com o Centro de Comunicação Social da Aeronáutica (Cecomsaer), em Brasília, "não foi registrado nenhum problema de tráfego aéreo". No Centro Integrado de Defesa e Controle Aéreo (Cindacta 2), em Curitiba, não são dadas informações. Os atrasos começaram desde cedo. Ao meio-dia, seis vôos estavam com atraso acima de uma hora, enquanto 28 estavam atrasados entre 15 minutos e uma hora. No boletim distribuído pela Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), às 18h15, o número de vôos com atraso acima de uma hora subiu para 21, enquanto os que atrasaram entre 15 minutos e uma hora foram 48. Uma das explicações dadas por fontes não oficiais era a de que os vôos foram liberados em intervalos maiores pelos controladores, evitando-se congestionamento no espaço aéreo. Pelo boletim, dos 53 pousos previstos 26 tiveram atraso (7 acima de uma hora e 19 entre 15 minutos e uma hora), enquanto das 52 decolagens, 43 (14 com mais de uma hora e 29 entre 15 minutos e uma hora) atrasaram. Três vôos (um pouso e duas decolagens) foram cancelados.

Agencia Estado,

09 Abril 2007 | 19h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.