Áudio coloca diretora da Anac em contradição

O relator da CPI do Apagão Aéreo do Senado, Demóstenes Torres (DEM-GO), transmitiu nesta quinta-feira, 16, na sessão, uma entrevista concedida pela diretora da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Denise Abreu, à rádio Band FM, em que ela afirma que o Plano Diretor para o aeroporto de Ribeirão Preto, no interior paulista, foi aprovado rapidamente para tirar parcela da carga do aeroporto de Guarulhos, na grande São Paulo.   Durante o seu depoimento na CPI, ela havia dito que o Plano Diretor não estava aprovado. Ela explicou que a entrevista à rádio foi concedida dentro de um contexto, quando havia uma pressão dos controladores de vôo, no final do ano passado, para transferir parte dos vôos de Congonhas e Guarulhos.   Denise disse que a Anac tem estudos desde o início do ano passado para tirar um pouco da carga dos aeroportos de Guarulhos e Viracopos, em Campinas, também no interior do Estado. Ele defendeu, no entanto, que essa carga continua no Estado de São Paulo. "Pessoalmente eu defendo que a carga fique em São Paulo, porque seria danoso para todo o mercado transferir de São Paulo para outro estado. "Existem outras alternativas em São Paulo que não em Ribeirão Preto", declarou a diretora da Anac.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.